terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Tudo e Nada!

Hoje...hoje apetece-me escrever tudo e nada ao mesmo tempo, dizer que o dia sorri quando penso em mim, respirar fundo e abraçar a natureza, sentir que a minha maior liberdade sou eu, foi conquistada por mim e será sempre minha...
Hoje sei que a chave do sucesso está em mim, as leis da natureza estão do meu lado, e quem vier por bem será o sol de Inverno e a chuva de Verão, como se a vida fosse uma reacção química em constante mutação e à procura do seu equilíbrio...
Hoje sei que a vida não mudou em mim, sei que fui eu que mudei sobre a vida, deixando-me contaminar pela minha presença, iluminado pela luz da descoberta no caminho da evolução...
Hoje sou eu a dizer “Gosto tanto de mim!!” :)

P.S.: Depois da "Carta", "Eu Não Sei Quem Te Perdeu", mas "Waiting On An Angel" agora posso dizer que o "Beijo" é nosso...mais uma música que entra e aquece o coração, e só nós dois é que sabemos como é bom este regresso...

7 comentários:

Sofia Cunha disse...

Por vezes também me sinto assim: uma certa ou determinada indecisão invade a minha alma e quase me suplica que escreva, escreva o que sinto. Mas, e sentindo eu esta súplica e querendo responder-lhe de forma agradável, existem momentos em que tenho “medo” ou receio de não conseguir escrever de acordo com aquela necessidade pedida e depois no final ver que as coisas continuam na mesma e que a súplica se mantém pregada na minha alma. No entanto, não posso negar que também sou invadida por esta vontade incessante, para mim. de escrever sem saber bem o quê ou sobre quê…

“…dizer que o dia sorri quando penso em mim…”

Ainda á pouco eu te dizia que esta noite tinha ido dormir tarde. Procuraste saber o motivo e eu disse-te que tinha estado com o Meu Amor até à uma e meia e que depois às duas fui dormir. A tua curiosidade falou mais alto e uma nova pergunta fizeste: “Com quem estiveste entre a uma e meia e as duas?” A minha resposta foi clara: eu disse-te que tinha estado comigo mesma e que ocupei o meu tempo com reflexões…
Penso que por vezes devemos parar um pouco, deixar a nossa caminhada de lado e reflectir, pensar um pouco em nós… É um pouco estranho eu estar a dizer isto, até porque sempre me preocupei mais com o bem-estar dos outros em relação ao meu. Mas agora, e a partir do momento em que comecei a parar e pensar em mim, habituei-me a acreditar mais naquilo que sou; encontro, em mim, justificações que outrora nem imaginava que existiam. E na verdade, tenho mais motivos para sorrir quando penso em mim e naquilo que, dia a dia, vou construindo. Quando tal acontece, penso que o dia se personifica e também ele nos sorri… Dá-nos aquela resposta quando esboçamos o nosso sorriso.
Assim, só podemos ter motivos para sorrir, deixando que o dia se torne uma imitação saudável daquilo que a nossa alma quis transparecer num gesto brilhante e visível para os outros.
Por isto, apenas te posso pedir para nunca colocares de lado aquele sorriso com que habituaste.
Sorri para a Vida, para que ela te consiga responder da mesma forma!

Eu Também Gosto Muito De Ti!! (Só tenho motivos para isso)

Um Beijinho Grande e Um SORRISO invasivo…

(P.S – Gonçalo, desculpa a minha ausência, já alargada, aqui do teu blog… Os motivos já os deves conhecer! Voltarei sempre que o pensamento me levar até Ti… E um sorriso se faça esboçar!)

Gonçalo disse...

Olá Sofia, obrigado por me presentares com os teus comentários tamanho XXL que me agradam sobremaneira, pela profundidade, dedicação e perspectiva de vida. De facto, não me canso de dizer que o mundo seria mais bonito com pessoas como tu!

E uma pessoa como tu não deveria ter medo da escrita, ainda para mais vindo de uma poetisa cheia de vontade em DAR, apenas tens de fazer o que o nome do teu blog pressupõe: escreve o que sentes e verás que o coração será um bom intérprete da tua escrita, assim como sinto que o meu foi para mim hoje, quando queria expressar esta mensagem e consegui:)
Fico feliz por ti porque sinto-te a crescer, já não és aquela menina doce e frágil que conheci, já demonstras a tua personalidade, já revelas mais segurança, mais certezas em ti, já começas a pensar também em ti e, vê lá tu, até já sorris que nem uma tolinha a altas horas da madrugada;) E tantos motivos tens para sorrir, porque mesmo que nada tenha mudado nas nossas vidas nos últimos tempos, percebemos o nosso valor e acreditamos que o maior motivo de sorriso tem de ser esse, e valor é coisa que não te falta e só quem não te conhece poderá negá-lo.
Sorri...sorri para a vida, para o amor, para mim, para a família, mas sobretudo, sorri:)

Beijinho grande para ti e muito obrigado pelo teu ansiado regresso, a porta está sempre aberta para pessoas como tu... Muito obrigado!

Vera Carvalho disse...

Obrigado pela visita .

Anónimo disse...

gonçalo!quem são os "nos 2"????ja na dizes nada da tua vida à tua melhor amiga(ai ai ai)!olha que fico muitiiisssiimmoo curiosa!!!!beijinho grande, tenho saudades amigo!(agr descobre quem sou eu!!lol)

Gonçalo disse...

Minha querida anónima:), o teu comentário pressupõe a revelação de dois nomes, mas apetece-me desvendar um e dar uma pista sobre o outro.
Espero não me enganar (ai se me engano...) mas deves ser a Cláudia, consigo sentir o cheiro a cebola à distância...:P
Quanto à pista, o nós sou eu e uma grande amiga minha que reapareceu há pouco tempo mas que tem uma relação comigo de há vários anos, desde o início do curso, pensa bem;)
Beijinho grande para ti cheio de saudades, quero muito estar contigo pessoalmente e para breve:)

Anónimo disse...

Olá Amigo do Coração!
Os meus dedos ansiavam por este comentário...
É verdade que os amigos nunca se perdem uns dos outros, ás vezes mais próximos, outras vezes mais afastados, mas sempre amigos, sempre presentes em espírito e no coração.
Tu sempre estiveste e estarás no meu coração, de uma forma ou de outra sempre estiveste presente na minha vida e essas musicas...sempre especias...
Especias como a pessoa que tu eras, és e sempre serás.
Saboreio este momento de reencontro com emoção, com amizade, com carinho e com a certeza de que vamos ser amigos para sempre.
Fica com o Beijo que aquece o meu coração e o teu!
Gosto muito de ti Amigo!
Cátia

Gonçalo disse...

Cátia, palavras para quê quando já foi tudo dito e o mais importante só nós dois é que sabemos?;) Apenas penso numa palavra quando penso em ti: "Linda".
Beijinho fofinho e bom fim-de-semana:)