sexta-feira, 8 de setembro de 2006

Morangos Com Mateus


A novela que tem conquistado a atenção dos portugueses tem revelado artistas de qualidade inegável, dignas de uma novela da TVI, e com múltiplos finais previstos...Agora, em vez de se ficar a saber o destino de Ana Luísa e Simão ou o assassino de António Calado, descobriremos o futuro e/ou desfecho do futebol português, patrocinado por entidades como o Gil Vicente, o Belenenses e até o Leixões...
Nesta trama, artistas da nova vaga destacam-se entre os já conhecidos Valentim Loureiro, Gilberto Madaíl e Cunha Leal...Falo obviamente de António Fiúza e Mateus...
António Fiúza que, segundo diz, não é nenhum parolo, tem-se revelado um dos maiores stand-up comedians da actualidade humorística em Portugal (Bruno Nogueira que se cuide...), deixando os portugueses à beira de um ataque de riso ao proferir frases como “...doia a quem doer”, “O caso Mateus passou as fronteiras do Mundo...”, entre outras. Perante isto, presume-se que em Plutão não se fala de outra coisa, preparando-se já a segunda série desta novela “Morangos Com Mateus – Justiça de Férias”.
Desta forma, já não ouvia falar tanto de um jogador mediano desde que Beto foi para o Benfica, tornando-se Mateus na figura da pré-época em Portugal e na Europa, ao ponto de suspeitar que seria o avançado que o Manchester United precisava...
Aquilo que constituiu uma novela, por parecer uma producção de ficção nacional de terceira categoria, tornou-se num verdadeiro reality-show, em que a ficção tornou-se real pelas possíveis consequências severas no futebol nacional. E tal como qualquer reality-show, aqui também a enorme plateia assiste a um espectáculo de produção diminuta dos concorrentes, aguardando pela próxima expulsão...Infelizmente, as expulsões poderão continuar a ser injustas, referindo-me aos clubes portugueses na Europa e à Selecção Nacional...
Aguardemos pelas cenas dos próximos episódios numa televisão perto de si...

2 comentários:

Anónimo disse...

Tinha de deixar o meu primeiro comentário aqui num tema de futebol... lol !!!
Bem, é so mesmo pra dizer que gostei do texto e das comparações que realizaste com as novelas da tvi. Sim, porque este caso já ta mesmo numa novela que nao prima em nada pela qualidade. Deixo só mais um apontamento (melhor um desejo, uma esperança...), espero que nao acrescentes mais comentários com esta temática do futebol, e que isso signifique que não vai haver prejuizo para os clubes nacionais na Liga dos Campeões, nem para a nossa selecção na qualificação para o Euro 2008.
Boa sorte para o futuro do teu blog...beijinhos!!

Ass: Diana

sofia disse...

Gonçalo, antes de mais, deixa-me dar-te os Parabéns pela excelente e inigualável forma como abordaste esta temática futebolística. De facto, os episódios de que falas neste texto, enquanto tratados e trabalhados pela comunicação social mais pareciam uma produção de ficção severamente portuguesa. Parecia estarmos a dar de caras com o prefácio de uma nova novela. Aquela que muitas opiniões despertou e gerou no mundo do desporto e não só. Aquela que se avizinhava como mais uma das novelas do mundo do futebol. Neste mesmo mundo ainda hoje recordo perfeitamente algumas das mais recentes como a “novela Jardel” ou a “novela Simão”… parece-me que a ficção portuguesa se está a tornar cada vez mais exigente, fazendo com que os verdadeiros actores se encontrem por vezes em balneários ou campos de treino estudando estratégias de ataque ou defesa, com um treinador sempre muito atento às movimentações que se vão notando entre aqueles que se lançam no mesmo mercado: o do futebol aqui traduzido em actores amadores. Parece-me que este é o Mundo real… pelo menos o de agora…
Mas de entre toda a podridão enaltecida e presentemente gerada no seio do futebol português é de ressalvar que muito poderíamos ter perdido ao se verificar o completo afastamento dos clubes portugueses e da Selecção Nacional das competições desportivas internacionais.
Felizmente este é um facto que não se constatou. Caso contrário, penso que esta novela iria agora ter mais actores… talvez mesmo se tornasse a novela mais concorrida a este nível, onde também se manifestaria a arbitragem portuguesa, e neste sentido, não poderíamos de forma algumas deixar passar uma pequena referência ao muito falado “apito dourado”…
Enfim, confrontamo-nos com um dos lados mais desgastados do nosso futebol… talvez a corrupção…

Saudações desportivas Amigo Gonçalo…;)