segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Balanços & Desejos!

Adeus 2012!

Foi bom enquanto durou porque mesmo os piores caminhos podem ser os melhores desvios para a felicidade. E todos os caminhos são feitos de pedras para construir o castelo da minha vida. O meu palácio!

Tudo começou com uma aventura numa casa desconhecida. O primeiro encontro com alguém numa noite de passagem de ano, na casa da sua irmã e ainda por cima com a plateia de uma família que muito menos conhecia. Sim, comigo é possível! Sou uma autêntica fera, não é minha senhora? Sinto-me em dívida contigo!

Mais tarde, conheci uma amiga. Sim, uma amiga. Tudo tão rápido que até a mim me surpreendeu. Uma miúda alta, gira, bem disposta, de sorriso inconfundível, de coração enorme e especialmente com a minha linguagem. Hoje em dia é um caso raro. E por isso ontem, no seu aniversário, decidi dizer-lhe que será para sempre a minha revelação de 2012. Miúda, o Óscar é teu!

Nesta altura, um segredo por revelar aconteceu. Mas é segredo, saberão no próximo ano!

Cansado de tanto e desgastante trabalho, aproveitei os primeiros dias de Primavera para passear com os amigos. Os destinos foram fronteira Alentejana e fronteira Minhota (só agora reparei que sou um homem fronteiriço!). Do Alentejo guardo o Engenheiro Bação, esse ícone do cálice de tinto e de um bom charuto, o aldeamento fantástico onde fiquei, a prova de vinhos na Herdade do Esporão ao pôr-do-sol e as magníficas pessoas com quem estive. Nem todos estavam disponíveis para a viagem seguinte, mas por cada leão que cairá, outro se levantará, e assim fomos para o Minho. Terra Verde, animais na estrada, local de culto religioso, Gerês magnífico, alojamento razoável, comida fraquinha, bebida para esquecer. No Minho talvez tenha bebido o meu último copo de Tinto Verde. Para uma viagem futura fica Viana do Castelo e uma pergunta: quem disse que Portugal está no lixo?

Este foi mais um ano em que a malta-dos-balneários-de-praia voltou a atacar. Desta vez, um ataque cerrado à Figueira da Foz e a Foz do Arelho. Pelo meio, mais um álbum de fotos do pôr-do-sol! Minha querida, começa a planear o próximo roteiro que o sol brilha cada vez mais!

Apresentações de livros foram imensas. Mas se querem que vos diga, tantas que não valeram uma! E uma viagem de regresso com o doce sabor da amizade. Sim, minha companheira inseparável, estive, estou e estarei contigo onde quer que estejas. Marca a próxima ou talvez não, estarei contigo por qualquer motivo desde que sejas tu!

Este foi o ano de uma visita especial. Uma visita transatlântica! Um dejá-vu mais próximo! Um dia gostaria de ser tão bom como tu. Mereces o melhor do mundo porque o melhor está destinado a quem sabe cuidar. Tal e qual aquela flor, lembras-te? Achei você no meu jardim...

Por falar em música, foi ano de Rock In Rio, Coldplay no Dragão, Scissor Sisters em Coimbra e bandas de garagem no Irish. Estou ansioso pela agenda musical do próximo ano!

Será que fui só eu que achei que o Verão passou depressa demais? E logo a estação do ano que mais gosto. O mundo está em crise mas não chegará ao meu sol. Há coisas inimutáveis!

Quando vou a ver, as estradas estão cobertas de folhas num manto castanho de digno momento fotográfico. E é nessa altura que começo a pintar as cores da Enfermagem na casa ao lado. Já dizia Ana Bacalhau que "andamos sempre uma casa ao lado", mas também no início do ano as cartas revelavam confiança na mudança. E assim fui, confiante, seguro e determinado! Aposta ganha e um a zero para a maturidade!

Se em anos anteriores o Zen tinha tomado conta de mim, este ano decidi alimentar um pouco mais o culto do corpo. Mente sã em corpo são e a minha primeira grande temporada no ginásio. Sinto-me mais forte, confiante, audaz, o desporto é cada vez mais o meu nome do meio!

No blogue, foi também o ano da mudança. A começar pelo nome após o susto do fim anunciado. Raio de Sol é a minha imagem tal e qual como o blogue! E numa recriação constante, surgiram mais contos conjuntos e a primeira grande entrevista a bloguistas. Nos contos ainda há muito por contar, porque o conto começa após um conto e feliz de quem encontra as melhores personagens para a sua história. Curioso por te  encontrar! Na entrevista, não podia existir melhor entrevistada, a minha querida amiga Raven. Já fazes parte da minha história, obrigada por existires! E por acreditar que este pode ser um caminho para o meu microfone. O sonho da locução de rádio continua, teve um revés, mas nada que afecte o talento!

E sempre com a saúde necessária para poder desfrutar de todos este momentos que me fizeram crescer e tornar-me numa pessoa melhor no final deste ano. Esta será sempre a minha maior dádiva!

Olá 2013!

Sei que serás um grande ano! Um ano de optimismo. A estabilidade após um período de transição conturbado. O primeiro passo. A mudança. A paz. O conforto. A realização. 

Sei que serás assim porque já me sussurraste ao ouvido. E o meu coração sente. E a luz aumenta. E a obra nasce!

E a primeira história será em Albufeira porque o amor é mágico. Até já!

Música: Coldplay - Hurts Like Heaven

9 comentários:

ADEK disse...

Feliz ano novo! Que te trata tantas histórias para contar como 2012, que está quase a acabar :)

Nikita disse...

Meu querido amigo,
Adorei ler-te, é sempre um gosto, és surpreendente, tens essa luz dentro de ti que ilumina todos aqueles que estiverem à tua volta.
2012 foi um ano e tanto! Com altos e baixos, mas estamos vivos e isso vale muito! Por isso, entremos em 2013 conscientes da realidade, mas com esperança em alta, porque sonhar e acreditar faz parte do viver que é Amar!

Beijo grande e que 2013 seja tudo aquilo que desejares :-)

Nikita disse...

Obrigada pela visita e por constatares que sei ler-te :-)
Mau seria se já não o soubesse...
Deixa também acrescentar que 2012 foi ainda mais especial por ter podido conhecer in loco a pessoa que és tu ;-)

Beijo grande com muita Luz

Raven disse...

Primeiro: obrigada eu por TU existires!
Segundo: revelarás uma novidade no próximo ano?!? Bolas, sou super curiosa!
Terceiro: tiveste um ano muito bom, pelo que li. Que 2013 seja igualmente bom e melhor e que a tua luz aumente sempre até nos inundares a todos.

Carolina Tavares disse...

Feliz Ano Novo para ti, com muitos raios de Sol.

Beijos

Anónimo disse...

Menino, sensível e frontal, cada estação do ano trouxera-lhe enormes feitos, ainda que tenha tido momentos menos bons, soube bem expressar tua postura em cada ciclo – guiado pela força do Criador.
Confesso-lhe que estou lisonjeada com tamanha sensibilidade ao apresentar balanços do ano vivido! E, da minha parte, só tenho que agradecer-lhe pela flor ofertada. Chegaste de mansinho e conquistou meu coração .
“Dos foras que a vida nos deu, ela com certeza estava juntando você e eu”e foi assim que “achei você no meu jardim”.
Que no novo ano esteja a fé, o amor, a saúde, a paz na partida e chegada para nossas realizações.
Um brinde à vida!
EU TEU AMO, SABIA? :)

Buxexinhas disse...

Na parte que me toca... As palavras estão gastas... Só deixo um Obrigado gigante e é recíproco! :) Um 2013 repleto de optimismo e sorrisos! ;) Beijinhos sunshine ;)

Luna disse...

Meu querido amigo,

Em algumas palavras sei que estive lá... espero continuar a estar presente em muitos mais momentos partilhados ao por-do-sol e não só.


Fiquei com o olhar brilhante porque realmente o nome do teu blog é o espelho de ti próprio.

Para 2013 desejo-te o melhor, nada abaixo de isso.


Beijo grande :))



ps: este blogue foi inscrito no blogue do ano por mim (ainda não aparece para votação, mas vai aparecer)

Rute Amaral disse...

provavelmente não sou eu. não te conheço, sorry