sábado, 8 de setembro de 2007

Agir para Reflectir, Reflectir para Agir


Abre-se n’O Sabor Da Palavra uma nova rúbrica intitulada “Agir para Reflectir, Reflectir para Agir”, destinada a promover a reflexão sobre a acção humana, sendo esta simultaneamente o ponto de partida e de chegada desta rúbrica, partindo do pressuposto que para existir uma melhor acção é necessária uma reflexão consciente dos factos da existência humana.
Sendo assim, serão postados factos relevantes da acção humana através do texto, da imagem, ou de ambos, com o intuito da partilha e confronto de ideias para uma acção/reflexão mais consciente e abrangente.

Desta forma, num mundo cada vez mais desprovido de valores e princípios nobres, movido pelo espírito da competitividade doentia e marcado pela indiferença aos detalhes da pura sensibilidade, senti a força de uma ideia oposta à actualidade, enquanto lia a obra “A Saga de um Pensador”, e materializada pela seguinte expressão da minha autoria:

“Mais do que ver as pessoas com os olhos da natureza, é ver as pessoas com os olhos do coração...”

4 comentários:

Anónimo disse...

As relações humanas, num contexto capitalista, acontecem de forma unilateral pois a medida que o homem avança em seus objetivos, concomitante aos seus interesses, ele também luta para romper barreiras visando seus próprios fins; neste interim, o homem não vê outra possibilidade para conquista senão burlar valores positivos a bem do crescimento humano com isto, ele se torna capaz de "trapassear", "enganar" o próximo visando seu próprio interesse.
Sabemos que para os adeptos do "Capitalismo Selvagem" há de se pagar um preço por esta opção gerando sempre um descontentamento interior, uma selva de pedra, formado por um labirinto cruel.
Sendo assim, a reflexão à ação não são vistas por estes com bons olhos sendo necessário um amadurecimento espiritual para que estes mesmos homens vêem nas relações humanas experiências de vida capazes de ampliar seus horizontes fazendo-os enxergar um novo mundo onde a partilha e comunhão seja o princípio e fim para todos.
Por tudo isto e apoiando-me a expressão de sua autoria deixo sempre o coração falar por mim nas relações humanas entendo que tudo que é sondado pelo coração visa a reflexão e através do coração poderei agir sempre melhor.
Beijo
Que Deus seja sempre a luz a guiar teus horizontes

Anónimo disse...

se todas as pessoas vissem com os teus olhos o mundo saria mais humano não mudes a tua maneira de ser bjs




cristina

Anónimo disse...

Olá
Sabes que agir sem reflectir sobre as coisas é um erro quase geral que nos dias que correm todos nós cometemos…
Ou por ninharias ou por questões de ética mais séria, por vezes o nosso espírito leva ao perder do nosso auto controlo pessoal, fazendo com que as atitudes sejam tomadas sem o mínimo de reflexão prévia sobre o assunto.
Sim eu sei, a reflexão vem depois, uma conclusão retirada dos actos já depois de consumados.
Por outro lado, e não desfazendo, existem questões que nos levam á reflexão primeiro, nos exemplos como, procurar um emprego ou comprar algo de valor elevado para o qual achamos muita despesa mas por outro lado achamos fundamental para nós.
Agir é importante sim, se existir coligação com a reflexão e se possível talvez o debate do ponto de vista.
Mas atenção, não me refiro a casos extremos, como o de salvar uma vida por exemplo, onde o tempo de reflectir é praticamente nulo, e onde agir rapidamente será o ideal.
Tens razão, não sou o maior comentador de blogs, no entanto exprimo a minha teoria dizendo que neste âmbito sou uma pessoa mais de reflectir sobre os temas do que propriamente agir.
Tal como algures um dia me disseram, ‘ Por vezes o silêncio é o melhor comentário ‘, confesso assim que me apodero dele algumas vezes.
No entanto e sendo esta rubrica algo que me ‘puxou’ para a expressão escrita, senti que deveria deixar aqui a minha marca.
Reflecte antes de agir ou age antes de reflectir, mas por favor, só te peço para que lutes sempre por ser boa pessoa, não interessa o dinheiro, a posição social, interessa sim a humildade diária.

Aquele abraço para ti…

Luís Miguel

Cristina Guerra disse...

De certo esta nova rúbrica fará muito sucesso.
Hoje em dia as pessoas agem sem ponderarem e ignoram completamente o facto de as suas acções poderem ou não prejudicar terceiros.
Creio que esta nova rúbrica será de grande valor e fico ansiosa, aguardando!