terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Agir para Reflectir, Reflectir para Agir: “Porque sim!”

“Quando tu te apaixonas por uma pessoa podes dizer que te apaixonaste por essa pessoa porque ela é querida, ela é boa pessoa, ela é adorável, é talentosa, mas a verdade é que tens amigos que também têm essas qualidades, portanto apaixonas-te porque sim. “Porque sim” é a razão mais forte para justificar o amor que tens a alguma coisa… “
Sofia Aparício, no 5 para a Meia-Noite (7/2/2011)

“Porque sim” é a química inexplicável e invisível!“Porque sim” explica o amor da amizade e o amor a dois. “Porque sim” justifica a questão da amizade simplesmente bem sucedida na amizade. “Porque sim” é a fonte inesgotável e sublime da emoção. “Porque sim” é o topo da maturidade humana!

Respiro luz, porque sim…

34 comentários:

Carolina Tavares disse...

¨Porque sim¨ é simples e complexo... é humano.

Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Quem diria que a Sofia Aparício seria capaz de mandar uma pérola dessas? Estava sob o efeito de alguma coisa, certamente!

Abraço!

Celisol disse...

Gosto do "porque sim" como resposta, mas também gosto bastante do "porque não?" como pergunta praticamente respondida.
Fiz-me entender? :)
Beijos para ti

izzie disse...

Os últimos 3 "Porque sim"s são especiais... não são? :)

Beijinho grande,

Gonçalo disse...

Carolina:

"Porque sim" não tem explicação. É um sentimento único que cada um conhece por si sem revelar a terceiros. Um dia todos saberemos!

:)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Rafeiro Perfumado:

Desconfio do conteúdo daquelas canecas do 5 para a meia-noite...

:P

Um abraço! :)

Gonçalo disse...

Celisol:

Fizeste-te compreender, "Sim"!

:)

Um beijinho grande *;)

Gonçalo disse...

Todos os meus "Porque sim" são especiais e aguardo pelos vossos "Porque sim" porque também serão vossos!

Um beijinho meu para ti *;)

Susaninha disse...

PORQUE SIM...
Gosto tanto de te ver assim:)
PORQUE SIM...
É tão bom termos estes sentimentos...
PORQUE SIM..
SUUUUrrisinhos:)

Gonçalo disse...

Susaninha:

Entretanto é mais reflectir para agir do que agir para reflectir...

Um suuuurrisinho...porque sim!

:)

Natália Augusto disse...

Que post "amoroso" ... "porque sim".
Amar e ser amado é a suma felicidade.


Beijoca

Eli disse...

E será porque sim que nos rendemos aos encantos de alguém que nos provoque um sorriso.

- Estás a sorrir porquê?

- Porque sim. Por que não?!

:)

Quero sentir-me eternamente assim!

Cristina disse...

Algo percebi recentemente:
as definições, os conceitos, limitam-nos, diminuem o sentir. As coisas não têm de ter motivo ou nome, simplesmente são ;)

Anónimo disse...

"Quantas vezes eu pedi que adivinhasses.
Quanto é que eu gosto de ti.
Gosto de ti, desde aqui até à lua.
Gosto de ti, desde a Lua até aqui.
Gosto de ti, simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim."

Por que te amo? Porque sim.
:)
Beijo,
saudades. Que Deus seja sempre o nosso grande e único guia.
*Flávia

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Sempre que tentamos explicar algo ou "alguém", a coisa sai furada. O "porque sim" é uma belíssima justificação, se é que tem de haver justificação. Mas concordo com o rafeiro ;)

A Escafandrista disse...

quanta leveza neste blog, adorei a música, a postagem... obrigada pela visita ao escafandro... sobre o post... Freud explicaria de tantas outras maneiras, mas eu prefiro a tua (porque sim) e é melhor que tudo seja mais descomplicada. E a vida acontece, simplesmente.

Gonçalo disse...

Natália Augusto:

A tua frase leva-me a uma das frases do Moulin Rouge. Penso que é mais ou menos assim:

Viver é amar, ser amado e ser correspondido.

Eu acrescento:

Porque sim!

:)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Eli:

Quero sentir o teu sorriso eterno!

Um beijo *;)

Gonçalo disse...

Cristina:

Fico incomodado quando começam a discutir nomenclatura à minha frente, acho que são discussões periféricas ao essencial dos conceitos em causa. Aprendemos a agir mais do que reflectir, pese embora a importância de ambas.

Um beijinho para ti *;)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Também está bem visto, Gonçalo, essa de corroborares o que diz a Natália. A frase é "the greatest thing you'll ever learn is to love and to be loved in return". Seia- de cor. Todavia, o expoente máximo do amor vai maos longe: ama mesmo quem torce o nariz ou indiferencia o outro; é um amor enorme, universal, absoluto, mas requer um desprendimento interior tal, que os que torcem o nariz ou se acham o sumo supremo das suas decisões, ficam baralhados e sem resposta. Uma mor tipo ao jeito de Jesus. Esse é o amor supremo, que tem exemplos entre nós. Não se trata apenas de amar o inimigo mas de relativizar o tão alto que se julga.

abraço

Gonçalo disse...

Flávia:

Apesar do contexto dessa música de André Sardet estar mais relacionado às crianças e aos seus filhos, é sempre um variante de amor "porque sim!" e poderia ter sido a minha escolha musical para acompanhar este texto.

Um beijinho grande para ti e aproveita agora o descanso merecido :)

Gonçalo disse...

Lobinho:

"Porque Sim!" é uma excelente razão para a explicação de sentimentos, especialmente os mais intensos como o amor a dois. Mas cuidado com o seu uso, porque há razões facilmente explicáveis noutros campos que por vezes são mal interpretados.

Um abraço e volta mais vezes :)

Gonçalo disse...

A Escafandrista:

São palavras elogiosas como as tuas que permitem crescer na escrita e partilha com maior motivação. Percebe-se que este blogue precisa mais vezes da tua componente cultural e opinativa.

Um beijinho e até breve :)

Gonçalo disse...

Lobinho:

Apoio inteiramente as tuas últimas palavras e fico surpreendido por também conheceres bem (e até melhor do que eu) a expressão do Moulin Rouge. Para mim é uma frase emblemática para a vida!

Quanto ao amor supremo e superior a qualquer factor de distinção, é talvez um dos maiores desafios da vida que tento suportar e ao mesmo tempo relativizar perante seres humanos em diferentes níveis de existência. Não é fácil porque desgasta, mas faz parte do processo humano...

Um grande abraço e muito obrigado pela partilha de sabedoria :)

Eli disse...

Eu, humana me confesso, errante.

:)

EC disse...

Porque sim é o motivo que rege as nossas vidas mais emocionais do que racionais. Porque sim é um belo lema! São esses porque sim que faz com que muitos se cruzam nas nossas vidas e há aqueles que nela sempre permanecem.
Bjs

Cláudio disse...

Isso ficou me na cabeça mesmo...Gonçalo se me deres licença acho que vou copiar as palavras da Sofia

Gonçalo disse...

Eli:

Somos dois!

:)

Gonçalo disse...

EC:

Tens uma família feliz, porque sim!

:)

Um beijo* ;)

Gonçalo disse...

Cláudio:

Tens todo o direito de as copiar, elas são públicas, mas não te esqueças das aspas!

:)

Um abraço e volta sempre ;)

DoceSussurro disse...

E porque muitas vezes a FELCIDADE está nas coisas simples da vida! Nós é que ás vezes demoramos demasiado tempo a perceber isso...

Só porque sim!! :))

Beijinho, doce*

Gonçalo disse...

DoceSussurro:

Ambicionamos grandes projectos pessoais e profissionais quando muitas vezes o melhor da vida está ao nosso lado e muitas vezes apenas só porque está!

Beijinho, grande *;)

Fragmentos Culturais disse...

... aceito! Porque sim ;)
Beijinhos**
(foi muito bom 'ver-te' de novo...

Gostaria de alertar para um assunto de segurança de navegação: por qualquer motivo, o blogue da Ana foi contaminado (não sei se alguém já a alertou para o facto). E com isso, como estava na 'nosse lista' acabou por contaminar alguns espaços do grupo... hoje tive um curto alerta ao entrar aqui...

Gonçalo disse...

Fragmentos Culturais:

Que bom o teu regresso e a tua aceitação!

A Ana julgo que já sabe do vírus no blogue dela, mas agradeço o teu aviso, mas não sei o que fazer. Qual a sugestão?

Beijinhos***