quinta-feira, 8 de março de 2007

Dia da Mulher: o justo reconhecimento.


Um dia um professor virou-se para o meu grupo de estudo e afirmou que as mulheres são muito sacrificadas perante os “selvagens dos homens”, tendo reflectido e compreendido a intenção das suas palavras.

De facto, dizem que as mulheres são o sexo fraco, contudo, o que dizer das pessoas que começam a sua adolescência por terem dores menstruais/monstruais, passam 9 meses das suas vidas com o(s) filho(s) no ventre, muitas vezes em condições desgastantes, sofrem sufocantemente nos períodos de dilatação e expulsão no parto e, no momento em que acreditam que a família será uma estrutura de apoio e de bem-estar, ainda têm de regressar a casa vindas do trabalho para suportar a família nas tarefas domésticas? No mínimo, é uma questão de justiça reconhecer o grande valor que as mulheres têm na vida humana, pois contribuem como factor determinante para a sua génese, crescimento e desenvolvimento.

Assim, como por detrás de uma grande mulher, há sempre um grande homem e vice-versa, os homens terão de elevar-se ao nível das mulheres e constituírem um complemento justo da natureza feminina, dissipando o machismo e egoísmo.

Acredito que cada homem moderno já aderiu ou está em vias de aderir a esta nova filosofia relacional, ignorando as tradições seculares e preconceitos sociais, e constituindo um elemento de igual valia e disponibilidade para a partilha de tarefas e decisões. Com esta nova mentalidade, o sexo masculino tornar-se-á mais justo, o sexo feminino reforçará os seus laços sentimentais com maior disponibilidade, e os “selvagens dos homens” serão a excepção à regra.

Em suma, no dia da mulher, dedico este texto a todas as mulheres que marcam e marcarão um traço especial na minha vida, em especial à minha mãe, agradecendo-lhes a sua existência e desejando-lhes as merecidas felicidades.

8 comentários:

Anónimo disse...

Sem duvida que se torna importante dar um forta aplauso a todas as mulheres com quem nos cruzamos nesta vida...desde nossa mae, que nos poe no mundo e nos dá o ensinamento da vida, como ás namoradas, amigas, um dia esposa, filha...
Todas elas sao sem duvida especiais na nossa vida...e todas elas nos dao mais alegria de viver:))
Um forte Abraço para ti
Luis Miguel

Anónimo disse...

Foi bom regressar a este cantinho para matar saudades!
Peço desculpa pela minha ausência mas agora não tenho tido muito tempo para vir aqui, mas prometo voltar em breve. Bom post
Não se pode censurar que as mulheres usem as armas que dispõem, sejam elas as mais belas ou as mais baixas. O comportamento feminino é produto da cultura existente mas a sensibilidade e o desejo de florir vida é obra da natureza. Bem hajam as mulheres, porque elas são a causa da beleza ainda perdurar neste mundo. Um grande beijo para ti

Um lindo dia a todas as mulheres lindas, fortes e guerreiras que fazem parte deste Mundo!!!

Um Beijo grande para ti amorzinho!!!

Cristina Guerra disse...

É isso mesmo!! As mulheres sempre se sacrificaram pela família e são sempre elas que carregam com tudo ás costas! Os homens sempre se julgaram superiores, mas neste século, onde a discriminação contra as mulheres já é menos pronunciada, vemos quem é o sexo forte. As mulheres vivem mais anos que os homens, são mais resistentes ás infecções e ás dores.
Ainda temos a considerar o facto de sermos nós mulheres a colocar no mundo a Humanidade.
Por mais que nós mulheres soframos, eu não gostaria de ser homem e jamais trocaria a minha fragilidade e delicadeza feminina pela rudeza de um homem.

Gonçalo disse...

Manela:

Apesar de ter sido crítico com o comportamento masculino até ao momento, julgo que nem tanto ao mar nem tanto à terra, não colocaremos a origem de toda a beleza do mundo nas mulheres, acredito que há homens puros e bondosos que rejuvenescem este mundo de uma forma crescente.
A palavra fundamental é "esperança".

Um beijinho grande para ti e acredita na beleza crescente deste mundo.

Gonçalo disse...

Cristina Guerra:

"Por mais que nós mulheres soframos, eu não gostaria de ser homem e jamais trocaria a minha fragilidade e delicadeza feminina pela rudeza de um homem."

Concordo com o facto das mulheres terem um papel de maior sofrimento em comparação com os homens, concordo que as mulheres são habitualmente mais delicadas e finas, no entanto como não gosto de generalizações, considero a palavra rudeza como uma palavra muito forte que não se aplica à maioria do sexo masculino. Posso concordar que os homens são seres mais carnais e egoístas, no entanto a rudeza é um traço muito forte que não acredito que a maioria tenha;)

Beijinho grande e fica em paz:)

Anónimo disse...

Gonçalo...O homem não é nada sem a mulher, basta dizer que o homem nasce de dentro da mulher e que depois procuram a mulher novamente para poder ter os seus filhos, é verdade também que nós as mulheres sem homem também não podemos ter os nossos filhos mas as mulheres são e serão sempre mais importantes que o homem....
De qualquer forma que seria do Mundo sem as mulheres? Somos indispensáveis!!!
Ainda duvidas que somos a beleza do mundo?
a esfregona;)
jinho

Gonçalo disse...

Sra Esfregona: (LOL)

A beleza está nos olhos de quem a vê...respondi à tua pergunta?;)

Beijinhos grandes:)

Cristina Guerra disse...

Sim, não devemos generalizar. Mas como muito bem dissestes a mulher é sempre mais delicada, fina, frágil e sensivel. Logo, é um ser mais belo e encantador.
Os homens são mais práticos, precisos e calculistas (nem todos, eu sei!!!).

beijos