quarta-feira, 6 de junho de 2012

Deus Existe!

Ainda sinto o corpo a tremer...

Ter o carro imobilizado no solo é uma tremenda chatice seja em que local for. Mas qual será o pior sítio onde se pode encravar o carro? Na passagem de nível de uma linha do comboio! 

Aconteceu há pouco, era pouco mais de meia-noite e estava a passar a linha quando tento desviar-me de um enorme buraco do outro lado da passagem de nível quando o carro acabou por cair noutro buraco e ficar imobilizado. Nem para trás, nem para a frente. Metade do carro fora da linha e a outra metade estacionada em cima da linha. O cenário piora mais quando esta passagem de nível fica num local ermo, desertificado, escuro e numa hora improvável para a ajuda de alguém. Naquele momento, mil e uma coisas passam pela minha cabeça. Acelero até mais não, mas o carro mantém a mesma posição. Tento a marcha-atrás mas o resultado era o mesmo. Saio do carro, procuro soluções. Não encontro e volto para o carro em nova tentativa desesperada de aceleração. A qualquer momento podia passar um comboio a alta velocidade. A cancela avisar-me-ia pelo sinal sonoro a tempo de fugir, mas o fim do meu carro e um desastre de várias pessoas seria uma tragédia que me arrepia e que nem quero imaginar.

Tinha ido levar a minha amiga F. a casa, que distava cerca de 200 metros da linha. Peguei no telemóvel que por sinal estava a abrir a linha de chamada com uma lentidão desesperante. Liguei para a F., contei rapidamente a situação e pedi ajuda. A ela e a qualquer pessoa que naquela hora me pudesse ajudar. Não sei em quanto tempo ela apareceu, mas tenho a certeza que foi em muito pouco tempo. Desesperada, apenas queria tirar dali o carro. Eu também e pedi-lhe ajuda para empurrar o carro enquanto acelerava. Percebi em pouco tempo que esta não era a solução. Precisava de mais gente para empurrar o carro. Gente que não veio quando a F. saiu de casa e bateu violentamente em todas as portas a gritar por ajuda. Supliquei-lhe para que corresse e procurasse de novo por ajuda. Algo teria que acontecer!

Não sei se ainda tentei mais alguma vez acelerar com o carro sozinho, só me lembro que colocando todas as hipóteses em aberto, tive o sangue frio de me lembrar do número de assistência das passagens de nível. Corri para a placa e registei o número, numa altura em que a operação no telemóvel mais parecia uma eternidade. Do outro lado, um senhor com uma voz tranquila atende-me a chamada e eu desato a mostrar o caos que estava a viver. De imediato, ouço a voz dele a pedir a alguém para impedir qualquer passagem de comboios nesta linha. Repeti de novo para me assegurar que nenhum comboio passaria e tranquilizei. Nesta altura, F. e os seus senhorios, a Sra. E e o Sr. J. chegam apressadamente, ainda com a roupa de dormir, e gritam para que tire dali o carro imediatamente. Disse-lhes que não passaria mais nenhum comboio até o problema se resolver mas continuavam a gritar. Repeti e julgo que compreenderam. O Sr. J. ainda procurou em desespero acelerar até o carro ganhar asas. Nada feito. Desliguei o telemóvel e procurei mais calmamente encontrar uma solução. Passado pouco tempo, o Sr. J. descobriu o problema, levantou o carro com a ajuda da F. enquanto eu acelerava e, como se tratasse de magia, o carro avançou e caminhou até porto seguro. Estava resolvido o problema! Faltava apenas ligar para a assistência. Assim foi feito, com a promessa da assistência para avaliar de imediato as condições de acesso nesta passagem de nível. Há males que vêem por bem!

Várias ilações a retirar:

Deus existe, os meus Anjos-Da-Guarda são magníficos e todos os Santos estavam comigo! O sangue frio para conseguir impedir a passagem de qualquer comboio foi um momento de muita luz!

Jamais passar por aquela passagem de nível, a menos que as condições de acesso melhorem significativamente. E mesmo assim...

Há pessoas que têm medo do desconhecido. Mesmo quando o desconhecido grita desesperadamente por ajuda a uma hora tardia da noite. A culpa é dos mal-intencionados, mas é preciso gerir melhor o bom-senso!

Há pessoas maravilhosas, solidárias, bonitas mesmo. Agradeço eternamente à F., à Sra. E. e ao Sr. J. Vocês merecem tudo de bom!

Depois disto ainda continuo a pensar. Será que há mais alguma ilação que desconheça?

Tudo está bem quando acaba bem. Ufa...

Música: Amália Hoje - Foi Deus

27 comentários:

Buxexinhas disse...

Que grande susto Gon... Eu tenho um pânico terrível de passagens de nível... Fico toda a tremer... Felizmente houveram boas pessoas e bons discernimentos... :) Fico muito contente que tenha tudo se resolvido pelo melhor... Nem quero pensar no pior... E sim, Deus existe... Basta acreditar e tirar o devido proveito dos seus ensinamentos... Beijinhos grandes***

Anónimo disse...

Concordo com O. Niemeyr ao afirmar que a nossa vida é um sopro...e por ser assim, mais vale agradarmos ao Senhor do que deixar que o nosso Ego comande a nossa vida.
Quem tem temor à Deus segue seus mandamentos e conduz-se pela luz infinita e sábia e és Feliz, sempre.
¨Há males que vêem por bem!"
¨Várias lições a retirar¨.
Vejo, nestas afirmações, uma grande abertura espiritual, ecoando em mim uma leitura, recentemente realizada, sobre a palavra CRESCER explicada através de um acróstico:
C omunique diariamente com Deus por meio da oração (João 15:7)
R evigore-se pela leitura da Palavra de Deus, diariamente (Atos 17:11)
E sforce-se por obedecer a Deus em cada situação (João 14:21)
S eja uma pessoa que dá testemunho de pertencer à Cristo, nos seus atos e nas suas palavras (Mateus 4:19)
C onsagre a Deus o seu tempo, os seus talentos e os seus bens (I Pedro 5:7)
E spere em Deus e deixe que o Espírito Santo exerça controle e lhe dê força para viver a sua vida, diariamente (Gálatas 5:16,17; Atos 1:8)
R eúna-se regularmente com outros cristãos (Hebreus 10:25)

Deus providenciou o nosso encontro, e demonstrou o quanto Ele é presença viva e fiel àqueles que o temem.

"A vida é um dom divino que transcede as ações terrestres. Somos filhos de Deus e a nossa vida só a Ele pertence."

CONTE COMIGO SEMPRE,
Flávia

ana disse...

Ui, ui, ui! Que granda susto! Ainda bem que estás bem e que conseguiste resolver tudo. Tenho de admitir que fiquei com o coração nas mãos quando ia a meio da leitura, por momentos acho que percebi perfeitamente o stress e o pânico da situação, imagino bem como deves ter ficado... xiçaaa!!! :))) agradece muito a esses anjinhos e santinhos todos :))) beijinho grande

Menina do cantinho disse...

Isso é que foi um autêntico filme de terror vivido na pele.
Sempre tive e tenho medo de passar em passagens de nível, mas confesso que nunca me passou pela cabeça uma situação dessas.

Acho que as linhas de comboio são um pouco esquecidas em Portugal, e este foi um dos casos.

No meio disto tudo, tiveste pessoas do teu lado com um grande coração, também elas com medo e mesmo assim não te deixaram.

Se calhar eu voltava ao local para me certificar se o problema está a ser resolvido ou não. Mas sem passar para o outro lado, claro ;)

Gonçalo disse...

Buxexinhas:

Foi um momento delicado mas que passou. Neste momento o rescaldo passa pela lição que proporcionou.

Beijinhos :)

Gonçalo disse...

Flávia:

Faltou dizer que Deus também somos nós! Daí também retirarmos as melhores lições deste momento. Somos seres evolutivos!

Beijinhos :)

Gonçalo disse...

Ana:

Foi mesmo uma situação desesperante mas está tudo bem. Obrigada pela sensibilidade. Beijinho com saudades :)

Gonçalo disse...

Menina do cantinho:

Já melhoraram o acesso. Há males que vêem por bem. E depois de casa roubada, trancas na porta. Enfim...

Beijinho grande :)

Eli disse...

Agora fizeste-me chorar e é inadmissível que eu tenha sabido isto por aqui. Que medo de te perder...

Kim III disse...

Realmente... apesar de não estar nenhum comboio para passar deve ser uma situação algo desesperante. Acho que te safaste muito bem :)

Raven disse...

Caramba! Que situação extrema! Ainda bens que és um ser iluminado e responsável e evitaste o pior.

S* disse...

Meu deus, isso era coisa para me deixar em pânico durante uns bons dias... fico contente por te ler bem.

Shantia Ki disse...

Bem... que noite! Parece mesmo história de filme. Essas pessoas que tiveram a coragem de te ajudar, mesmo não te conhecendo, são autênticos anjos.
O que contaste também serve para dizer que, até nas piores situações, há sempre uma solução e para manter a cabeça fria e ter fé. :) ahh... e que existe um número de assistência :)

GATA disse...

Eu 'morri' só com a tua descrição do acontecimento. Eu sou uma descrente, mas tenho que admitir que 'algo' esteve contigo nessa noite! :-)

Tons neutros disse...

Que grande susto, felizmente tudo acabou bem!

Gonçalo disse...

Eli:

Tens razão. Beijinho e obrigada pela preocupação. Gosto de ti!

Gonçalo disse...

Kim:

Sangue frio e os anjos. Bem safado que eu sou! ;)

Gonçalo disse...

Raven:

Compreendes-me tão bem ;)

Gonçalo disse...

S*:

Felizmente está tudo bem e sem traumas :)

Gonçalo disse...

Shantia Ki:

Importante manter o sangue frio e acreditar que a solução está em nós próprios. Felizmente, assim sucedeu!

:)

Gonçalo disse...

Gata:

Podes começar a acreditar a partir desta noite!

:)

Gonçalo disse...

Tons Neutros:

Tudo está bem quando acaba bem :)

Tabanika disse...

Ola Gonçalo. Ainda bem que estás bem e nada pior aconteceu.
Tal como pedes no final da descrição eu poderia dizer-te uma ilação a tirar desta experiência mas acho que não ias gostar pois existiram muitas boas pessoas que não tiveram a mesma sorte e ajuda que tiveste, é tudo aleatório. Abraço

Sandrinha disse...

Ufa, que cena :/

TERESA SANTOS disse...

Que outras ilações tirar?
Que nunca devemos desistir do que nos propomos, seja em que situação for;
que não há impossíveis quando a força, a determinação, a fé (seja ela qual for), é o motor da nossa vida.

Que dizer? Que és um eleito? Não! Que és um Homem determinado? Sim, o mais possível.

Beijinho.

Anónimo disse...

Olá Gon!
Deus existe e sempre há lições do passado que são luzes para o presente!
Veja o recente notíciário, publicado no Diário de Coimbra, no presente dia, em relação aquela passagem de nível:

http://www.diariocoimbra.pt/noticias/suspenso-encerramento-de-passagem-de-nivel

O melhor motorista, por melhor que seja, deve precaver-se e,em qualquer circunstância, o melhor é ter a sabedoria divina para nos conduzir, sempre, em paz :)

Beijo grande, no seu coração *
FLÁVIA

Gonçalo disse...

Flávia:

Estiveste comigo naquela assustadora noite, a ti devo-te todo o bem que mereceres. Com esta notícia, voltei a lembrar-me daquela noite, naquele momento havia a escolha por uma de duas hipóteses: ou o encerramento da passagem de nível ou a remodelação séria daquele espaço. Infelizmente nenhuma dessas opções foi tomada. Beijinhos :)