quarta-feira, 30 de maio de 2012

Arco-Íris

Não gosto. Para mim o vazio é pior, mas este continua a ser o menos mau. Amar, querer amar mas ao mesmo tempo não amar e não permitir ser amado. Porque quero continuar a Amar, e ser amado sem realmente amar num corpo sensível e sedento é um risco enorme na atitude de Amar!

A verdade, acima de tudo! Mas será que a verdade basta quando alguém ama? A verdade é tão cruel quanto mais fortes forem os sentimentos e menos fiel for a sua correspondência. Não te quero magoar! Sou um ser apaixonado por natureza, mas seria bem mais fácil amar e Amar em simultâneo. Talvez essa fosse a verdade mais cruel, mas também a força mais libertadora...

Enfim, crescemos!

Música: Bon Iver - I Can't Make You Love Me

4 comentários:

Raven disse...

E haverá algo mais ambiguo e sofredor que o Amor? Alias, uma relação (estou convencida) é o maior projecto que se pode ter na vida.

Carolina Tavares disse...

Amar e ser amado o melhor que pode acontecer.

Beijinhos

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Devemos Amar sempre! Sem medos. Porque o Amor, como fonte contínua de uma força poderosa, não tem limites nem conhece limitações...

Só existe uma condição para o Amor: Amamaos MESMO? Se a resposta for SIM, não há que ter medo algum; muito pelo contrário!

SE existirem dúvidas, é porque não amamos. Nesse caso, antes o tal "só" que com alguém só porque esse alguém gostaria...

Um abraço

bia sofia disse...

eu gosto :P