sexta-feira, 14 de março de 2008

Tiago Bettencourt deixa Aveiro ao rubro!

As saudades para assistir a um concerto musical eram mais que muitas mas a indisponibilidade de tempo ao fim-de-semana, ou o gosto menor pelos artistas musicais enquanto disponível, não me permitiu realizar este desejo mais cedo. No entanto, valeu bem a pena o tempo de espera para assistir a mais um grande concerto protagonizado por Tiago Bettencourt, desta vez com a presença dos Mantha.

Passava pouco das 21h e, a menos de meia-hora do início do espectáculo, o Teatro Aveirense estava às moscas e sem sinais de TPM (tensão pré-musical) mas, como bons portugueses, o público apareceu de uma só vez às 21h30m. A sala de espera encheu tanto que quase me sentia impelido contra a parede, ou melhor, contra o conforto de um sofá que só dava vontade de saltar infantilmente sobre o mesmo, até que a campainha tocou e a malta deixou-se de roçar em mim e passou a roçar-se nas belas das cadeirinhas do Teatro...

Começa o concerto logo com um momento alto de Tiago Bettencourt ao piano, passando na música seguinte para a guitarra, mostrando assim que a noite seria de grandes emoções com a mistura entre a balada e o rock. Recordando velhos temas dos Toranja como “Carta”, “Fome” e “Laços”, Tiago Bettencourt presenteava-nos também com os mais recentes temas do seu novo álbum com os Mantha, criando momentos de cortar a respiração tal a intensidade vocal com que os interpretava, mostrando um registo tão afinado como natural, tanto nos graves como nos agudos, pese embora ter estado com febre na noite anterior e sob o risco de cancelamento do espectáculo!

De facto, Tiago Bettencourt não tinha de provar a sua qualidade artística a ninguém, pois acredito que todas as pessoas que encheram o Teatro Aveirense já conheciam verdadeiramente o seu talento e apenas confirmaram que há música portuguesa de grande qualidade! Como sabem, para mim o Tiago tem as características que destaco num cantor de sucesso, mostrando de novo a sua voz única, repleta de sentimento, intimismo e naturalidade, esfarrapando-se em palco se for preciso enquanto se diverte e faz divertir o público!

Para mim a revelação da noite passou pela descoberta de um Tiago tímido (como eu já o percebia) mas com um humor muito natural e castiço que desconhecia, chegando a provocar grande risada geral do público, quiçá a cereja no topo de um bolo recheado de açúcar para o coração dos espectadores:)

Em suma, uma noite de verdadeira cultura musical, uma noite em que mais uma vez a cultura mostrou em todo o seu esplendor a verdadeira mensagem da arte, a mensagem do amor, interpretada por um cantor especial que se destaca mais ao vivo do que nos seus álbuns em suporte informático! Aqui fica a sugestão!:)

15 comentários:

Anónimo disse...

Ah Tiaguinho, tivesses tu roçado as barbas pelo público!!!

;)

Gonçalo disse...

Minha querida anónimA:) Acredita que o Tiago roçou mesmo as suas barbas no público, tal a sua presença entre nós:)
Beijinho grande*

Casemiro dos Plásticos disse...

pela descrição deve ter sido mesmo fantástico, vou esperar por um concerto aqui perto pela zona de lisboa e arredores.
abraço e bom fds.

Sorrisos em Alta disse...

Oi, Gonçalo.

Passei por aqui... e volto!

Abraço
Bom fim-de-semana

Gonçalo disse...

Olá Casemiro, não seja por isso, aqui fica o concerto que procuras:

"Tiago Bettencourt no Cinema São Jorge, dia 29 de Março, Lisboa"

Um abraço:)

Gonçalo disse...

Olá Sorrisos em Alta, sê bem-vindo ao meu blogue e volta sempre:)

Um abraço e um Domingo Feliz!:)

Manuel Damas disse...

Um abraço, Gonçalo

Gonçalo disse...

Um abraço, Professor Manuel :)

Rafeiro Perfumado disse...

Nunca ouvi tocar esse jove, mas pelo que vou ouvindo, não é horrível de todo. Mas continuo a preferir David Fonseca, grande cantor e com uma excelente relação com o público.

Abraço!

Gonçalo disse...

Olá Rafeiro Perfumado, são dois grandes nomes da música portuguesa de qualidade, David Fonseca é um desses nomes e também já ouvi dizer que se destaca pela simplicidade e humildade que apresenta na sua relação com o público:)
Um abraço!

Anónimo disse...

"Aqui está frio demais para me sentir..."

Lifepassenger disse...

Confesso que também ouço algumas músicas deste cantor. Gosto de algumas músicas.

Um forte abraço espero que tudo esteja bem consigo!

Gonçalo disse...

Olá Sérgio, está tudo bem após um turno da noite calmo, mas com vontade de dormir até ao jantar;)
E peço-te um grande favor, trata-me por tu:)
Um abraço!

Anónimo disse...

Meu kerido a musica "Carta" taz-me recordações bonitas e saudosas...bons tempos!!!
Um beijo grande com saudades e já agora Boa Páscoa!!!
Cátia

Gonçalo disse...

Minha querida Cátia, como te compreendo, recordo-me bem desses tempos, tal como me recordei de ti na "Carta" que escrevi em Aveiro:)
Um beijo grande para ti e uma Páscoa Feliz!:)