domingo, 5 de novembro de 2006

PELOS CAMINHOS DE PORTUGAL: Piódão

Vale a pena percorrer montes e vales para chegar lá ao fundo e ver este presépio natural...


Ai mãe, agarra-me que tenho vertigens:)


Vamos tomar um café?
Vamos...onde queres ir?
Damos um saltinho ao Piódão, que achas?;)

Igreja Matriz do Piódão...Digam lá que não é bonita;)


Viva o oportunismo comercial!!! Só faltavam os artigos do Noddy;)
Numa daquelas tardes aborrecidas em que não há nada para fazer, a loucura invadiu-me o espírito e propus à minha família conhecer o Piódão...a minha mãe toda entusiasmada convenceu o meu pai, e ainda convidou a minha irmã e afilhada, mal ela sabia onde se ia meter...

Era a nossa primeira vez no Piódão, e ainda por cima comigo ao leme do barco, ou como quem diz, ao volante da poderosa máquina do meu pai...Este ia ao meu lado, habitualmente ocupando a função de co-piloto proferindo as suas instruções “Gonçalo, encosta-te mais à direita...”, “Gonçalo, vai mais devagar, tem juízo...”, “Daqui a pouco vou para aí...”. Atrás de mim, a minha afilhada, indiferente à proximidade do abismo, e respondendo às criancices do padrinho, a minha irmã que sorria e tentava acalmar a minha mãe, e a minha mãe que só dizia para mim “Gonçalo, pára o carro...”, “Ai onde eu me vim meter, já estou mais que arrependida...”, “Mas isto nunca mais acaba?”.

É verdade, o caminho parecia uma constante interminável de perigos, estradas onde um carro passa apertado, cruzando-se por vezes dois, protecções laterais inexistentes, e o abismo ali tão perto...No meio disto tudo, lá ia eu ao volante, a sorrir para os receios de grande parte da minha família, acalmando a minha mãe com gracejos, e conduzindo com muita tranquilidade ou, como diz Paulo Bento, com muita dranquilidade...

Chegámos ao Piódão e senti que valeu a pena o caminho das tormentas, é um típico local de tradições, onde a beleza natural vale mais que mil caminhos tortuosos, como as fotos que tirei podem comprovar. Escusado será dizer que a minha família, nos próximos tempos, só conseguirá ver o Piódão por um canudo ou em fotos...

Espero poder regressar ao Piódão porque o escasso tempo que tinha não me permitiu explorar profundamente este espaço, e recomendo vivamente às pessoas para cometer esta loucura saudável e ultrapassar montes e vales para chegar a um destino proveitoso...Afinal de contas, a vida também é uma constante de montes e vales com destinos proveitosos:)

9 comentários:

MissPoetry disse...

Ai como é bom mergulhar no Portugal profundo e descobrir que para além das grandes cidades, há tesouros escondidos para descobrir aqui bem ao lado. Gosto de mergulhar no Portugal recêndito... é como uma viagem ao passado... Há já algum tempo que não o faço... Fiquei inspirada Gonçalo ;)
Beijinhos

Gonçalo disse...

Fico feliz por te deixar inspirada, espero que te motive para conheceres melhor o nosso Portugal que, mesmo sendo pequeno, tem recantos escondidos que nos deixam surpreendidos pela sua beleza natural...Dos sítios que tenho acompanhado de perto, recomendo ainda Arganil, Lousã e Montemor-o-Velho...Por isso só me apetece dizer: Vá para fora Cá dentro:)

sofia disse...

Hum… que família de loucos! ;) que grande aventura! Só podias ser tu o promissor de tal coisa, ou não fosses tu um louco saudável…;)
Bem, estas imagens abriram o meu coração e pediram-me para ir até ai… a culpa é todinha tua… quero ir, quero perder-me nas maravilhas desse local. Vais ter de me levar lá, com ou sem a tua família… de mim não te livras…;) Piódão me aguarde…! ;)
Beijinho grande Amigo…;)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

Há lugares exóticos a desbravar e quando nos vem a lembrança, não nos contemos em expressões significativas para àqueles que ainda não experimentaram, poderem vivenciar. Alguns se tornam inesquecíveis principalmente quando estamos ao lado de quem tanto amamos. Outros são enfadonhos por justificarmos de diversas maneiras a aversão àquele lugar.A cada paisagem uma obra divina e a cada obra Deus nos convida a sentir, através dos nossos sentidos, o quanto "O" temos dentro de nós não faltando absolutamente nada para sermos verdadeiramente felizes. A propriedade de saber desfrutar destes momentos são essenciais à vida, inerentes aos sábios. Percebo que neste lugar você usou de sabedoria para bem vivê-lo mas quiçá não seriam saboreados pela mesma ótica àqueles desprovidos de amor. Estas imagens me fez recordar vários momentos lindos que ja senti e hoje são recordações que me aspiram a alçar vôos maiores... Quem sabe seja este aí??!!! ;)

Margarida disse...

É lindo esse cantinho de Portugal que descobriste.
Essas fotos dão-nos realmente vontade de conhecer esse lugar lindo, que nem parece real, mas que realmente existe e tu na tua saudável loucura deste o imenso prazer de conhecer à tua família levando-a lá.
Olhando para as fotos, dá-me a sensação que estou a ver uma cascata, parecida com as que pessoas com muito talento fazem por aqui no mês do S. João.
Gon realmente é lindo esse lugar e com isto só nos fazes ver que o nosso Portugal é imensamente bonito, pois haverá por aí muitos mais lugares belos como Piódão, só deveríamos meter os pés ao caminho, partindo à sua procura.
Beijo

Gonçalo disse...

Minha querida Sofia:

No Piódão ou não, a tua presença é o mais importante para mim, por isso estou disponível para te acompanhar em mais um passeio...Não me esqueço do Bom Jesus em Braga;)...e o Piódão, pela sua beleza natural, talvez seja um local indicado para conheceres;)
Beijinhos e bons passeios:)

Gonçalo disse...

Minha querida Flávia:

De facto os momentos são melhor vividos se forem vividos com amor e na paz de Deus, sentindo o amor do Senhor dentro de nós...e de facto a natureza pode proporcionar grande smomentos de reflexão, de amor, de contemplação, de paz de espírito...Adoro a natureza:)
Retive uma frase tua que me deixou curioso: "Estas imagens me fez recordar vários momentos lindos que ja senti e hoje são recordações que me aspiram a alçar vôos maiores... Quem sabe seja este aí??!!! ;)"...Que queres dizer com isto? Gostavas de conhecer o Piódão?;) Por mim tudo bem, e acredito que este local seria um local de grande paz e tranquilidade para ti;)

Beijinhos grandes:)

Gonçalo disse...

Minha querida Margarida:

Penso que não é uma cascata, era apenas um precipício que me atraiu a atenção e lá ao fundo podia ver pessoas a apreciarem o lugar e a natureza, infelizmente não tive tempo de lá ir, ficará para a próxima.
Para ti e pata toda a gente só digo isto: Vá para fora cá dentro:)
Beijinhos e fica bem.