sábado, 3 de junho de 2006

Momentos infelizes


Há momentos da nossa vida que se o arrependimento matasse já não existiriamos...há momentos em que por mais inocentes que sejamos acabamos sempre por em qualquer altura magoarmos alguém...há momentos em que nos sentimos tão pequeninos que nem o facto de assumirmos a plena culpa nos deixa mais descansados...há momentos em que mais vale estar calados...
Hoje sinto-me assim e nada me faz demover dos pensamentos ruminantes por que estou a passar neste momento...Acho que já há muito tempo não fazia uma asneira tão grande numa relação interpessoal, e não acredito que a minha ingenuidade momentânea tenha feito sofrer alguém de que gosto tanto, alguém que não merece sofrer por tudo aquilo que já passou, que só merece momentos de felicidade e bem-estar...
Talvez já fossem horas de ir descansar mas não consegui antes de escrever e desabafar de qualquer forma, estava com um nó na garganta e tinha de o desfazer de qualquer jeito...Ainda não me sinto aliviado, mas pelo menos já escrevi tudo o que sentia, mostrando neste post o meu sincero arrependimento sobre um comportamento pouco digno e pouco natural para mim...Desculpa amiga, espero que o tempo cure este momento menos feliz que tive...

5 comentários:

sofia disse...

Existem momentos para tudo....e aqueles que hoje são menos bons podem futuramente ser úteis, quanto mais não seja para os evitar fazer novamente. Não os devemos considerar como momentos maus, mas sim como momentos de aprendizagem. É assim que os vejo. Claro que no momento que os realizamos não pensamos nisso. Reparamos apenas que fizemos algo mal, que nos magoamos ou que magoamos alguém. São momentos difíceis, claro, mas devemos aceitá-los como um ensinamento…todos erramos e por vezes paga o justo pelo pecador, mas a vida é mesmo assim. Como costumo dizer o Homem é o criador do próprio mal e da tristeza que por vezes vive…Força AMIGO… sei que consegues superar esta fase que dizes ser menos boa… és forte e saberás fazê-lo como ninguém…qualquer coisa…estou deste lado…. Longe, mas perto ao mesmo tempo…;) beijinho desta AMIGA.

Anónimo disse...

Sometimes life can be a burden,
Trying to stay one step a head,
Feel the world up on my shoulder each time,
I'm standing out on the edge,
And my hopes have all deserted me,
Like they've washed away in the sand,
And it's hurting my pride, trying to survive,
But I know that I stand a chance,
When you lay your hands,

Cos it's the only thing I have that still makes sense,
Oh, baby, when I'm calling out,
Give me love and affection, keep telling me, showing me the
way,
Oh, when you see me falling down,
Lift me up from the shadows, will you take me away to a better
place,
And when I'm in my darkest hour,
Be by my side, to turn the tide,
Until my suffering fades,
When life is getting me down, getting me down, and close to
defeat,
Come and lay your hands on me,

Feel this road is getting longer now,
And I'm too far away from home,
Cos I gotta keep on movin on,
But I can't do it on my own,
Baby keep my head above water,
Help me swim for my life,
Cos the game is getting harder,
The strain is getting stronger,
And i can only face the fight,
When you lay your hands,

Cos it's the only thing I have that still makes sense,
Oh, baby, when I'm calling out,
Give me love and affection, keep telling me, showing me the
way,
Oh when you see me falling down,
Lift me up from the shadows, will you take me away to a better
place,
And when I'm in my darkest hour,
Be by my side, to turn the tide,
Until my suffering fades,
When life is getting me down, getting me down, and close to
defeat,
Come and lay your hands on me,

Till I'm healed again,
Rediscovered my strength,
And those bitter blues are gone, all gone,

Oh, baby when I'm calling out,
Give me love and affection, keep telling me, showing me the
way,
Oh, when you see me falling down,

Lift me up from the shadows, will you take me away to a better
place,
And when I'm in my darkest hour,
Be by my side, to turn the tide,
Until my suffering fades,
When life is getting me down, getting me down, and close to
defeat,
Come and lay your hands on me.
(Simon Webbe "Lay Your Hands")

Amigo ja te disse tudo em relação a este post mas como te disse que tinha uma letra de uma musica para ti não pude deixar de vir aqui deixa-la e dizer-te novamente que és o meu Amigo do coração.
Aprendemos muito com a vida, e tu próprio já me disseste isso.
Acredito que quem te conheça verdadeiramente como eu, sabe como és, como é o teu ser.
Podes sempre contar comigo (tal como diz esta musica) e eu sei que também posso contar contigo*****
Muitas beijocas
Cátia

Anónimo disse...

Nem sei que dizer...obrigas os meus neurónios a divagar de uma maneira...!
Ai...quem está agora de lágrima no olho, sou eu!
Tu também és muito especial e sabe-lo! Agora vou buscar um kleenex... :
Fizeste-me sentir bonita e especial com as tuas palavras, Gonçalo. Obrigada, mas não te sintas triste, foi um momento menos feliz, mas não passou disso.
Sem a tristeza, não saberíamos dar tanto valor à alegria.
Continuarei a ser tua amiga porque te adoro, preciso de ti e porque nos nossos jardins secretos mostramos as flores todas, não apenas as papoilas rubras, fortes e optimistas.
Falamos sobre amor, nostalgia, saudade... e talvez por vezes se denote algum desalento ou tristeza, mas tento sempre que fique a marca da esperança. Essa sabes que a terei sempre. O resto vai com o tempo e tens sido precioso no que diz respeito a puxar pelos meus sorrisos:) Adoro-te! Beijo enorme:)

luis disse...

amigo Gonçalo deixou-me perceber que num momento menos feliz da sua vida terá magoado alguem. Quem ainda não magou que atire a primeira pedra. Metade dos nossos erros na vida nascem do facto de sentirmos quando devíamos pensar e pensarmos quando devíamos de sentir.
O maior erro que um homem pode cometer é viver com medo de cometer um erro. O meu amigo não!... parece-me ter reconhecido esse erro, e curvou-se perante ele. Não teve vergonha de reconhecer esse erro e de o confessar, parabéns amigo, porque só quem não reconhece o primeiro erro o leva a cometer muitos outros. Pela ignorância nos enganamos, e pelos enganos aprendemos. Um homem que nunca muda de opinião, em vez de demonstrar a qualidade da sua opinião demonstra a pouca qualidade da sua mente. Não se envergonhe você fez o que devia reconheceu o seu erro e pediu perdão. Orgulhe-se disso e não se maltrate. Um grande abraço Luis

Anónimo disse...

Obrigado por Blog intiresny