domingo, 30 de abril de 2006

Mar e (A)mar


Há uns dias atrás fui confrontado com a seguinte questão: Porque o mar é tão grande, imenso, poderoso?
Na altura fiquei surpreendido com a pergunta, porque nunca tinha pensado nisso e naquele momento não tinha resposta.
Após uns dias de reflexão, uma das possíveis respostas surgiu num momento de iluminação...
Assim, identifiquei como denominador comum do mar a simples e rica palavra amor...Se repararem, desde os tempos mais remotos, o mar foi sinónimo de amor...O amor que uniu os povos, o amor que trazia a esperança dum mundo maior, o amor que se perdeu durante uma tempestade, o amor que fez sonhar...Ainda hoje, o mar, como melhor confidente da natureza, faz-nos recordar o amor das pessoas que perdemos, o amor que sentimos por alguém especial, o amor que desejamos...
Mar e (A)mar, palavras muito próximas, separadas por um A, mas juntas pelo amor...E o mar, tal como o amor, é grande, é imenso e é poderoso...

3 comentários:

Rita Sofia Cunha disse...

bem...eu também nunca fui confrontada com esta questão que te colocaram, mas realmente e vendo bem o teu ponto de vista, penso que tens razão...na verdade a respostas que tu encontraste reflecte também aquilo que eu penso...enfim MAE e AMAR são duas palavras simplesmente limdas, puras e chei de significado, também para mim...

beijinho ...continua..mais uma vez afirmo que tens imenso jeito para a escrita...

rita sofia cunha disse...

bem...eu também nunca fui confrontada com esta questão que te colocaram, mas realmente e vendo bem o teu ponto de vista, penso que tens razão...na verdade a resposta que tu encontraste reflecte também aquilo que eu penso...enfim MAR e AMAR são duas palavras simplesmente limdas, puras e cheias de significado, também para mim...

beijinho ...continua..mais uma vez afirmo que tens imenso jeito para a escrita...

Anónimo disse...

Sim o mar,é imenso e poderoso, quantas vezes dou por mim a olhá-lho, e deixo-me levar pela minha imaginção pensando ser possivel tocar o céu através dele, vendo da terra a linha do horizonte dá a sensação que ele e o céu estão coladinhos, aí sim faz-me lembrar dois apaixonados selando o seu amor com um enorme beijo. Como eu adoro o mar não m canso d o olhar... e a paz q ele m transmite é imensa .
jinho Adoro-te...
Continua não pares com o blog, tens sempre algo bonito para repartir com os teus amigos