segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Copo Meio Cheio!


Há pessoas que nascem para quebrar a nossa rotina. Ora para a direita, ora para a esquerda, ora aparecem, ora desaparecem. Nunca têm explicações para os seus movimentos, apenas existem, à sua maneira. Mas por alguma razão desconhecida atraem sem saber como. Nem eu sei. Até ao dia em que deixam de ser atraentes e tornam-se importantes. Fazem-nos descobrir ou reforçar o amor próprio. Nesse dia temos a noção da cura plena. E hoje foi o dia!

Imagem: http://duvida-metodica.blogspot.pt/2010_09_01_archive.html

12 comentários:

amiga da onça disse...

Bonita reflexão, gostei muito.

Carolina Tavares disse...

Nossa, dá para ficar curiosa. Mas tu mereces pessoas assim perto de ti.

Beijos

S* disse...

Mas que bom, fico contente. :)

Buxexinhas disse...

Ao ler... Senti-te exactamente como na imagem... A serenidade e sensatez que me transmite é deliciosa... Sorrio... Beijinhos :)

Gonçalo disse...

amiga da onça:

O que interpretaste?

:)

Gonçalo disse...

Carolina:

Escolheria outro tipo de pessoas, mas nem tudo o que é fácil é o melhor para nós! Beijinhos :)

Gonçalo disse...

S*:

Obrigada querida :)

Gonçalo disse...

Buxexinhas:

Serenidade é a palavra-chave. Estou tranquilo e tornou-se fácil escrever este texto! Beijinhos :)

açoriana disse...

Há imagens que valem por mil palavras mas também há palavras que completam de forma quase perfeita o momento captado pelas objectivas de uma máquina fotográfica :)
Beijinhos :)

Gonçalo disse...

açoriana:

Tenho pena que não tenha sido a minha máquina fotográfica, mas as palavras são minhas.

Beijinhos :)

Raven disse...

Tens o dom de ter encontros únicos. ;)

Gonçalo disse...

Raven:

Sempre que te leio há um enorme orgulho em saberes que estás comigo. Admiro-te muito!

Beijinhos :)