domingo, 25 de julho de 2010

Sétima Sugestão: Melodia do Adeus



SINOPSE
Numa pequena cidade costeira no Sul, um pai separado (Greg Kinnear) tem a oportunidade de passar o Verão com a sua relutante filha adolescente (Miley Cirus), que tudo o que queria era estar em casa, em Nova Iorque. Ele tenta aproximar-se novamente da filha através da única coisa que têm em comum - a música - numa história sobre a família, a amizade, os segredos e a salvação, que foca ainda os temas do primeiro amor e de segundas oportunidades.

Normalmente os livros que geram filmes perdem qualidade na passagem para o grande ecrã. O filme “Melodia do Adeus” é baseado na obra de Nicholas Sparks, mas apenas conheço o filme e posso dizer-vos que é de valor! Portanto, nem quero imaginar a qualidade da obra escrita…

Um filme emocionante e em crescendo do princípio ao fim, com uma história de amor lindíssima, excelentes interpretações e uma banda sonora que cria um ambiente propício à fragilidade humana e liberdade emocional.

Os meus olhos ainda brilham e recordaram hoje uma grande lição. O amor familiar reflecte-se no amor em sociedade, mas o contrário também sucede, mostrando-nos que cometemos erros mesmo com os que mais amamos e que a vida é efémera demais para os supervalorizar. Perdoem se for preciso e reforcem laços de amor com os que já têm, a vida é mais bonita com a magia das pessoas que amamos.

Se ainda não estão convencidos, vejam o filme! Confesso que já não via um filme assim há muito tempo e as minhas reacções são prova disso.

“Todas as vezes que a luz atravessar a janela que partimos, ou qualquer outra janela, vou ser eu…”

14 comentários:

DoceSussurro disse...

Huuum...

Mais uma vez, aguçaste a minha curiosidade :)

Vou acrescentar este á minha lista dos 'must see' ;)

Estás bem querido Gonçalo? Sauudadinhas...

Beijinho, doce*

andreia disse...

se for = ao livro.. e sem duvida 5*
bj

Anita disse...

Ainda estou a ler o livro, mas estou ansiosa para ver o filme! O livro está a ser fabuloso e o filme parece-me que também :) Estou curiosa!

E tens razão, eu cada vez mais acho e faço por estar junto dos que mais amo, inclusive e principalmente a família, é o nosso bem mais precioso.

Anónimo disse...

Oi, Bb!
Sou suspeita para falar sobre a FAMÍLIA pois tenho-a como princípio para minha caminhada rumo à Felicidade. Assim, comungo da sua ideia e acrescento: Só sabemos o que é o AMOR, quando aceitamos a família que temos, perdoamos e respeitamos uns aos outros e ajudamos a nós, e cada um, a sermos verdadeiramente irmãos.
Irmãos na fé, na caridade e no amor com todos que partilhamos a nossa vida.
Aproveitando da reflexão de Pe. Zezinho, em ORAÇÃO DA FAMÍLIA, concluo o meu pensamento assim:
"Que a família comece e termine sabendo onde vai
E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai
Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor
E que os filhos conheçam a força que brota do amor"
Um brinde à família regada pelo amor.
:)

Flávia
*A vida só faz sentido com AMOR

EC disse...

Boas verdades. Boa música.
Um abraço
EC

izzie disse...

Tenho o livro para ler... já que o Sparks é sempre companhia de Verão (e de Natal dependendo dos anos...).

Espicaçaste-me...

Beijinho,

Fatucha disse...

A minha sobrinha viu e gostou mto.
Gostaria de ver também. A ver se tenho oportunidade. Boa recomendação. beijinhos***

Gonçalo disse...

Doce Sussurro:

Estou bemzinho! :)

E tenho saudades tuas, espero reencontrar-te em breve :)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Andreia:

Costuma ser um risco, mas desta vez vale a pena veres o filme após o livro :)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Anita:

Espero que já tenhas lido o livro e que estejas prestes a reproduzir o filme. A família espera por momentos :)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Flávia:

A tua mensagem bem poderia ser a moral do filme. Tenta ver o filme, vais gostar imenso :)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

EC:

Um abraço de verdade! :)

Gonçalo disse...

Izzie:

E que tal o livro?

:)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Fatucha:

Segue o meu conselho. Depois conta-me como foi :)

Beijinhos***