segunda-feira, 19 de julho de 2010

Música Portuguesa Viva!

Não sou tão patriota como os espanhóis mas assumo que gosto imenso da música portuguesa!

A juntar aos consagrados Rui Veloso, Luís Represas, Mafalda Veiga, Pedro Abrunhosa, Jorge Palma, entre outros, revela-se uma geração de ouro da música portuguesa composta por nomes como Rita Redshoes, David Fonseca, Tiago Bettencourt, The Legendary Tigerman, Virgem Suta, Diabo na Cruz, B Fachada, Deolinda, Oquestrada, entre outros…Pelo meio encontramos fadistas de grande talento como Mariza, Kátia Guerreiro e Ana Moura, projectos colectivos como Amália Hoje e Humanos, projectos individuais como Miguel Gameiro, um hip-hopper de eleição como Boss AC e até a música de intervenção e de humor inteligente dos Homens da Luta, Gel e Falâncio. Uma palavra especial para a chamada “música pimba” que, amada por uns e odiada por outros, continua a ser o combustível essencial para os bailaricos da terrinha. E que saudades deixam…

Muitos nomes ficam por registar, prova do lote crescente da qualidade da música portuguesa actual, mas deixo a minha homenagem à Antena 3 que prima pela divulgação dos vários nomes mencionados e de outros que engrandecem o orgulho de ser português e incrementam a paixão pela música. A satisfação aumenta quando percebemos que é uma rádio estatal e que o dinheiro público está ser bem usado nesta área de entretenimento, pecando mesmo assim por um excesso de música portuguesa cantada em “Inglês”, mas também já senti mais prurido sobre esta questão…Quando se gosta, os pequenos defeitos convertem-se em qualidades!

Fica à vossa consideração mais nomes e boas músicas!

13 comentários:

izzie disse...

Ando a ouvir o mesmo cd, mas estou perdida na nº6... :)
E só me apetece dizer Rita, Rita! David, David! Ana, Ana! And so on...
Por falar em música, tenho um convite para você nas minhas terras dentro de uns 15 dias... dirige-te à caixinha mágica e logo falamos, ok?

Beijinho,

Anita disse...

Tens toda a razão e mencionaste muita boa música...ainda dizem que não há boa música portuguesa!
Há é cada vez mais...
Ainda ontem comprei o LPOD dos Homens da Luta :)

Bem-hajas!

Um beijinho*

Gonçalo disse...

Izzie:

Um desses nomes será nosso em breve. Estou atento!

:)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Anita:

Os Homens da Luta foram uma agradável surpresa para mim. Conhecia-os vagamente das manifestações e breves aparições na televisão e gostei muito do seu álbum. Música de intervenção de qualidade. Faltava um álbum assim em Portugal...

Beijinhos e até já :)

Xana disse...

Sem qualquer duvida estamos a passar uma fase em que a musica portuguesa esta em grande e cheia de verdadeira qualidade. Já há muito tempo que não tinha no meu top 10 de favoritos do momento artistas portugueses, mas neste momento ocupam quase toda a tabela...lol

Beijocas***

anaferro disse...

Eu nunca tinha ouvido este B Fachada. Vou ouvir!

Acho que boa música portuguesa há e sempre houve. Não há é vontade de quem responsável de apostar nesses talentos, por preconceito. Porque o problema não está na qualidade ou não, está na pouca cultura das pessoas que se rendem a máquinas de marketing e coisas tão mais imediatas, de sucesso mais fácil.

Mas mudou um pouco. Faltam agora mais programas na tv onde se divulgue a música portuguesa, faltam programas onde as pessoas cantem e toquem ao vivo...

E falta também que se pense em inúmeras formas de aliciar as pessoas a comprarem os álbuns. Porque sem isso não há música. Recentemente o Tiago Bettencourt, com este novo álbum, fez dele um bilhete para um concerto. Boa estratégia, na minha opinião. E são precisas mais. Há que revolucionar este mundo, tentando ultrapassar os males da evolução tecnológica.

Tudo a bem da saúde da nossa música.

Gonçalo disse...

Xana:

Sim, há cada vez mais pessoas com artistas portugueses no ouvido e isso agrada-me porque já há muito que via imenso talento nacional. Continuem a apoiar a música nacional!

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Ana Ferro:

A ideia do Tiago Bettencourt é uma das possibilidades interessantes, seria uma motivação para os elevados preços dos albuns e da cultura em geral. As soluções procuram-se, para que a indústria da música não afunde por má gestão e avanços tecnológicos.

Beijinhos***

izzie disse...

Olha... esqueci-me do Tiago, Tiago! Já que não pode ser Pedro, Pedro!...

Beijinho,

Gonçalo disse...

Izzie:

Vamos a ele. Não quero perder a próxima oportunidade!

:)

Beijinhos***

marie disse...

Confesso que não gosto muito de música portuguesa, sei que há grandes compositores por aí (um deles é um amigo meu, :p cof cof), mas às vezes parece que tentam fazer uma imitação de qualquer coisa, sei lá. Mas digo que há cada vez mais música interessante por cá, ainda não chega para eu dizer que gosto bastante de música portuguesa, mas aos poucos pode ser que vá lá. :p

Antena 3 é muito porreira! Gosto bastante. :)

Gonçalo disse...

Marie:

Quem é o teu amigo compositor? (fiquei curioso)

Não sou um profissional de música, sou um grande amante, mas parece-me que a música é como o futebol, os estilos já estão criados, apenas existirão algumas variantes aos estilos preconizados. Além disso, os autores portugueses tem outras referências musicais como é óbvio, daí ser natural existir uma espécie de imitação de qualquer coisa. No estrangeiro acontecerá o mesmo!

Antena 3 é uma paixão recente porque percebi a juventude, o modernismo e a divulgação de boa música portuguesa.

Beijinhos e volta sempre :)

EC disse...

Nesta lista faltava Liberdade...:)
Bjs