sexta-feira, 20 de junho de 2014

Cavalheirismo e Homosexualidade

Há um limiar cada vez mais próximo entre o cavalheirismo e a homosexualidade na sociedade actual. Posso assegurar que é possível a amizade entre homem e mulher, um homem gostar de cozinhar, ceder passagem a uma mulher numa entrada em público, usar exfoliantes e cremes hidratantes para várias partes do corpo, ouvir a última balada do momento e ainda gostar de mulheres.

Para quem não acredita há pelo menos três explicações para a relutância. A ignorância, para mim a pior explicação, uma vez que a ignorância e a maldade são entidades cada vez mais distintas. A inveja, uma vez que nem todo o homem consegue modernizar-se. E o medo, o medo de perder o lugar que sempre obteve no uso da sua macheza conservadora e inútil.

A liberdade continua a ser a moda eterna. Sejamos modernos, sem preconceitos!

3 comentários:

Esmeralda Martins disse...

Eu acredito, vivo com um homens assim e ama-me é é correspondido!
Mimos ;)

Eli disse...

Viva a liberdade sexual!

Raven disse...

Acho que o último argumento é mesmo o grande. O homem rege-se por um estereotipo que, se for modificado, tira-lhes o chão. Quando começarem a ficar todos pra trás, sós, talvez entendam.