domingo, 3 de outubro de 2010

U2: Eu Fui!


Depois de uma manhã inteira na fila há um ano atrás sem sucesso, várias solicitações pouco agradáveis e muita inveja a outros participantes no concerto dos U2, surge a notícia de que existe um bilhete disponível a menos de três horas do início do espectáculo. A amizade tem destas coisas…

Começando por Interpol, assumo que não os conhecia, apresentaram um som agradável mas pouco mais. Pede-se mais interactividade aos grupos musicais, principalmente a grupos internacionais que fazem as primeiras partes de grandes bandas, senão serão sempre os grupos da segunda linha. Cantar para si e dizer “obligado” entre cada canção não chega para um estádio cheio. Não fiquei fã!

21h45m: entrada dos U2 com Bono ao leme entoando o grito desportivo da equipa local “Briosa”. A malta de Coimbra deveria ser reduzida porque pouca gente me acompanhou na resposta ao grito, ou então ficaram surpreendidos pelo grande conhecimento de Bono relativamente a Coimbra. Mais tarde, chegou a destacar a bonita Universidade de Coimbra, questionando os restantes elementos da banda sobre as suas vidas se tivesse existido vida académica. Tudo isto com imagens legendadas durante cada discurso, numa prova de esforço e adaptação à realidade e cultura presentes. Nessa altura percebi a diferença de sucesso entre os U2 e os Interpol…

Durante o espectáculo, é impossível ficar indiferente à interpretação de “Still Haven’t Found What I’m Looking For” por um estádio inteiro, pois por momentos as vozes do público silenciaram o vocalista num tom arrepiante. Pouco depois, a chamada de uma jovem do público ao palco para um pouco de “colo” e uma dança a dois com Bono Vox, num momento de meter inveja às outras jovens do público. Será que Bono deixou escapar o seu cartão de visita?

Entre muitos flashes e fumo de tabaco duvidoso, Bono confirma-se como um “monstro de palco” com coração solidário e faz levar ao rubro os presentes com o tema “One”, para muitos considerado o melhor tema musical de todos os tempos. Mais um momento para arrepiar a ponta dos cabelos! Para o final, o tema mais esperado por mim: “With or Without You”, perfeito!

Uma noite de grande valor cultural para o meu álbum de recordações, pecando apenas pelo espectáculo visual. Confesso que esperava um maior número de efeitos especiais, mas a qualidade do áudio confirmou as expectativas elevadas e agradou-me.

Um dia depois, celebrou-se da melhor maneira o dia mundial da música, e quanto mais consumo músico, mais quero! Que vício!

:)

12 comentários:

EC disse...

Ora ainda bem que existem felizardos que conseguem ir...Já o mm não posso dizer!!O teu post está muito esclarecedor...quase q estive lá!!:)
A música é um elixir para a vida. Quando puderes e quiseres poderás sempre assistir a um espectáculo de Liberdade

http://pontosdevista-ec.blogspot.com/2010/10/liberdade-ontem-na-tapada-das-merces.html

Um abraço.

Fatinha disse...

Aquase q choro por n ter ido ver este concerto...:(

Anónimo disse...

Caro Gonçalo,

Grande sorte em teres conseguido um bilhete, quando já nem sequer pensarias nisso. Estas coisas não acontecem por acaso, é porque merecias.
Também tive a felicidade de ter lá estado e foi, sem surpresas, mais um grande espectáculo dos U2. Aliás, foi o concerto dos U2 de que mais gostei - estive também nos de Lisboa, em 1997 e 2005.
Quanto ao gosto pela música, sofro da mesma "doença" que tu e já perdi a esperança de me curar.
Parabéns pelo blogue e ... siga a música!
Grande abraço.
Artur Fernandes

Fragmentos Culturais disse...

... não não tenho inveja! Mas, mais uma vez me entristeço por não ter podido ouvir a minha banda, os meus temas, ao vivo :((
U2 o meu sonho musical mais profundo!!

Nem cheguei a tentar! Chamada para uma homenagem à minha professora de piano em Viseu! E não poderia faltar...

Daria tudo... quase tudo, para partilhar desses momentos :(

Coincidentemente, os teus temas favoritos, são os meus!
Há cada coisa!! Como poderemos nós coincidir em tanta música??
Empatias quase inexplicáveis!

Beijo **

Gonçalo disse...

EC:

Fico tão agradado como surpreendido com o teu comentário. Julgo que é difícil transmitir, por palavras, os sentimentos de um espectáculo musical, especialmente espectáculos como este dos U2. Mas parece que estive lá perto e conseguiste arranhar um pouco do que senti, pelo menos esforcei-me ;)

Um beijinho grande para ti e mantém a luz que te caracteriza :)

Gonçalo disse...

Fatinha:

(ou Fatucha) Para mim serás sempre a Fatucha :)

Não chores, haverá mais grandes espectáculos que tu irás e eu não conseguirei ir e vice-versa. A vida é mesmo assim, o importante é o caminho ;)

Beijinhos fofos ***;)

Gonçalo disse...

Artur:

O mundo é pequeno demais e os "doentes" acabam sempre por se cruzar pelas suas "doenças" mais cedo ou mais tarde, mesmo que por linhas aparentemente estranhas... Felizmente entrámos na vida um do outro por aspectos em comum e fico muito feliz por responderes a este último texto :)

Não tive sorte, procurei a minha sorte e mereci-a. Foram várias horas na fila, envolvendo pessoas da família e possíveis colegas de trabalho na mesma fila. Por pouco que não consegui, talvez pela minha própria culpa/preguiça. Mas quem luta sempre alcança e eu alcancei com a paciência necessária :)

Obrigado pela presença e volta sempre!

Um abraço :)

Gonçalo disse...

Fragmentos Culturais:

Há decisões delicadas na vida mas de certeza que tomaste a melhor opção. Há pessoas que são mesmo inseparáveis e que estaremos eternamente gratos!

De facto, há várias músicas que nos unem mutuamente e para isso apenas encontro uma explicação: gostamos muito um do outro e, especialmente, do que somos!

:)

Um beijo grande *;)

A Escafandrista disse...

Olá, vim agradecer sua visita ao meu escafandro!Viste mesmo U2? Eles são muito bons. Abraço!

Maria disse...

Olá, AMEI a música! A MÚSICA cura inspira!Fáz a pessoa sentir-se bem!

Gonçalo disse...

A Escafandrista:

Vi e posso confirmar o que dizes! Como diz Jorge Jesus, é uma banda "muita boa" :P

Beijinhos e volta sempre :)

Gonçalo disse...

Maria:

Que bom regresso. Espero-te ver mais vezes, a música continuará!

:)

Beijinhos***