quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Deolinda em Tondela: Despertar à Meia-Noite!

Mais uma noite de final de Verão agradável, mais um espectáculo ao vivo de qualidade! Desta vez fui à bela cidade de Tondela assistir ao concerto dos Deolinda, para mim nada mais nada menos que o grupo revelação do ano passado.

Já me tinham sido apresentados numa das festas académicas em Aveiro, na altura com um público vibrante do princípio ao fim, e num ambiente fechado potenciador de grandes emoções. Na altura, foi um dos melhores concertos da minha vida!

A curiosidade levou-me a desejar reencontrá-los neste Verão, mas por uma razão ou por outra só me foi possível reencontrá-los ontem, e em boa hora o fiz porque a noite de ontem foi a mistura entre a brisa da música e o tesouro do vinyl.

Brisa da música, porque as músicas do álbum recente e de estreia dos Deolinda refrescaram a alma dos presentes, acompanhados por uma brisa suave que pairava no ar. Um refresco intenso, ao ponto de acordar a grande maioria do público tondelense que se apresentou apático e pouco interactivo no início do espectáculo e participou em crescendo durante o resto da actuação, imbuídos no espírito estimulante de Ana Bacalhau (vocalista dos Deolinda). No final, os braços no ar e as palmas em uníssono eram uma constante no recinto bem composto e surpreendido pela energia dos Deolinda. Entre o “Fado Toninho”, “Eu Tenho um Melro” e “Fon-Fon-Fon”, destaco a pertinente música “Movimento Perpétuo Associativo” que representa a dicotomia entre o seres activos e passivos, numa importante reflexão nesta fase de campanha eleitoral. Afinal de contas, ainda podemos decidir!




Deolinda - Movimento Perpétuo Associativo

Agora sim, damos a volta a isto!
Agora sim, há pernas para andar!
Agora sim, eu sinto o optimismo!
Vamos em frente, ninguém nos vai parar!

Agora não, que é hora do almoço...
Agora não, que é hora do jantar...
Agora não, que eu acho que não posso...
Amanhã vou trabalhar...

Agora sim, temos a força toda!
Agora sim, há fé neste querer!
Agora sim, só vejo gente boa!
Vamos em frente e havemos vencer!

Agora não, que me dói a barriga...
Agora não, dizem que vai chover...
Agora não, que joga o Benfica...
e eu tenho mais que fazer...

Agora sim, cantamos com vontade!
Agora sim, eu sinto a união!
Agora sim, já ouço a liberdade!
Vamos em frente, é esta a direcção!

Agora não, que falta um impresso...
Agora não, que o meu pai não quer...
Agora não, que há engarrafamentos...
Vão sem mim, que eu vou lá ter...

Por sua vez, a noite tornou-se também um tesouro do Vinyl, fazendo-me recordar as grandes noites dos bailes da aldeia, mais propriamente a banda Mega que actuou antes e após os Deolinda. Uma banda enorme, com um guarda-roupa considerável, e uma qualidade vocal interessante de vários dos seus elementos, recordaram grandes clássicos da música latina, salientando a boa interpretação de músicas do promissor grupo Mamonas Assassinas, falecido há alguns anos num acidente de aviação. Há quanto tempo que não os ouvia, e gostei! Aqui fica a recordação e a homenagem, num tema tão fofinho como divertido:




Mamonas Assassinas - Pelados em Santos

Mina,
Seus cabelo é "da hora",
Seu corpo é um violão,
Meu docinho de coco,
Tá me deixando louco.
Minha brasília amarela,
Tá de portas abertas,
Pra mode a gente se amar,
Pelados em Santos.
Pois você minha "Pitxula",
Me deixa legalzão,
Não me sinto sozinho,
Você é meu chuchuzinho!
Music is very good!
(Oxente ai, ai, ai!)
Mas comigo ela não quer se casar,
Na brasília amarela com roda gaúcha,
Ela não quer entrar.
Feijão com jabá,
A desgraçada não quer compartilhar.
Mas ela é linda, muito
mais do que linda,
Very, very beautiful!
Você me deixa doidão!!!
Meu docinho de coco!
Music is very porreta!
(Oxente Paraguai!)
Pro Paraguai ela não quis viajar,
Comprei um Reebok e uma calça Fiorucci,
Ela nào quer usar.
Eu não sei o que faço pra essa
mulher eu conquistar.
Porque ela é linda, muito
mais do que linda,
Very, very beautiful!
Você me deixa doidão!!!
Meu chuchuzinho!
Eu te ai love iuuuu!

18 comentários:

Eli disse...

Andas numas belas vidas!...

Se te apanhasse numa noite dessas, era dançar até não podermos mais!

Ainda bem que foi proveitosa essa noite! Sou a favor desses momentos divertidos de "quebra-rotinas"!

:)

kathy disse...

ADORO DEOLINDA!!!

OS CONCERTOS DELES SAO SENSACIONAIS...

E QUANTO AOS MAMONAS ASSASSINAS, RECORDO-ME MT BEM QUANDO SOUBE DO DESAPARECIMENTO DELES... ISTO JA HA UMA PORRADA DE ANOS...

Patrícia disse...

Assisti a dois concertos deles e ADOREI. Foi o máximo :)

Com os Mamonas Assassinas, fizeste-me recordar a minha adolescência... quantos já lá vão Lol!!! :)

B*jinhos

finalista disse...

enfermeiro, gosta de Deolinda? entao experimente ouvir OqueStrada ;)

Gonçalo disse...

Eli:

Faço tuas as minhas palavras, se te apanhasse numa dessas noites seria diversão garantida, ao ponto de ter sonhado que isso teria acontecido. Sim, um sonho, porque foi muito bom! :)

Um beijinho grande para ti e tudo de bom :)

Gonçalo disse...

Kathy:

Deolinda é qualquer coisa de especial e lembro-me também muito bem do desastre das Mamonas Assassinas, um dia antes de fazer anos. Isto há alguns anitos, mas felizmente tive a oportunidade de recordá-los na terça à noite. E com duas belas interpretações com bastante estilo.

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Patrícia:

Também já vou dois concertos de Deolinda na conta pessoal, mas não prometo ficar por aqui neste ano, Domingo há a possibilidade de ir a outro :) É como aqueles discos que compramos e não paramos de os ouvir até os gastarmos :P

Mamonas Assassinas foi um grupo do início da minha juventude, de facto, mesmo há vários anos :)

Beijinhos***

Gonçalo disse...

Finalista:

Vi há uns tempos atrás uma entrevista com os OqueStrada e a crítica falava num grupo diferente e alternativo. Na altura fiquei curioso mas por uma razão ou por outra não segui as suas pisadas. Obrigado por relembrares e lançares de novo o mote. Vou agora em busca de OqueStrada!

Obrigado :)

Maria disse...

Deolinda e a grande voz de Ana Bacalhau. É sem duvida um grupo que abrange uma grande facha etária. A minha neta canta o fon… fon… fon… e sabe a letra toda. É sem duvida uma banda dos 8 aos 80 :) sou fã!!!!

Gonçalo disse...

Em Tondela também foi dos 8 aos 80, mas se não fossem os 20's a noite teria sido um bom tratamento para a insónia :P

Beijinhos para ti amiga :)

Diaboderoupacurta disse...

Deolinda têm umas músicas tão engraçadas :)

Casemiro dos Plásticos disse...

é um grupo que está em grande!
abraço

Gonçalo disse...

Diaboderoupacurta:

Deolinda alia a graça ao pragmatismo. Porreiro, pá, porreiro :)

Gonçalo disse...

Casemiro dos Plásticos:

Sem dúvida. Um abraço! :)

Parapeito disse...

Gosto dos Deolinda :)

Nao vou deixar mais nenhum comentário pork :

Agora não, que é hora do jantar :)
continuação de noites dançantes***

Gonçalo disse...

Parapeito:

Fico a aguardar pela tua fase "Agora sim" no meu blogue! :)

Beijinhos grandes**

Anónimo disse...

Eu também adoro os Deolinda, e sempre que posso não perco um concerto deles, aqui nas redondezas

mas permitam-me fazer uma critica/sugestão que é a seguinte:

A composição de fotos que se encontra neste artigo, não corresponde com o texto, ou seja as fotos foram feitas na Aula Magna em 2008.

Quem lê o artigo é induzido a que as imagens correspondem ao concerto de Tondela 2009, o que é falso

O autor deste blog está a cometer uma infracção, punível por Lei ao abrigo da lei dos direitos de autor por copiar, publicar e usando uma imagem sem consentimento do dono (autor).

As fotos apresentam-se como se fosse o dono deste blog a fotografar, porque nem se quer faz referência ao site de onde as fotos foram tiradas.

É bom que quem publica artigos na net saiba que as leis são para cumprir…

Bom trabalho

Ass

Manuel Pacheco

Gonçalo disse...

Manuel Pacheco:

Obrigado pela sugestão. Já andava a cismar por essa questão e vou tentar solucionar essa questão.

Um abraço e bons concertos :)